Por: José Dornelas

Parece um clichê, mas o sucesso financeiro em si pode não trazer a felicidade que você busca como empreendedor. Se você perguntar a empreendedores bem sucedidos o que eles valorizam hoje e o que eles buscavam quando ainda não eram ricos, a maioria responderá que o dinheiro era e é apenas mais um ingrediente.

Dentre os objetivos ou motivações dos empreendedores o que mais se destaca é a autorealização. E isso se aplica também aos que empreendem nos finais de semana. Essa motivação pode ser traduzida como a capacidade de colocar os seus sonhos em prática e fazê-los acontecer, provando a si e aos outros do que você é capaz.

O dinheiro acaba sendo uma métrica que mostra quão competente você é no mundo dos negócios. Muitos empreendedores prefeririam não ter todo o dinheiro que têm a ter uma família feliz, gozar de boa saúde e viver em harmonia.

A carreira do empreendedor leva o indivíduo focado no sucesso financeiro a abrir mão de muita coisa ao longo da vida, a preterir a convivência familiar, não se envolver como deveria na educação dos filhos e não curtir a vida enquanto ainda jovem. Isso tem um preço que nenhum dinheiro no mundo pode pagar.

Por isso, empreendedores contemporâneos têm reavaliado sua dedicação aos negócios e tentado buscar equacionar a necessidade de se envolver totalmente com a empresa, mas sem deixar de viver a vida. O segredo está no equilíbrio, algo que para a maioria é muito difícil de conseguir.

E para você, qual seria a principal motivação para empreender?

josedornelas.com.br